terça-feira, 5 de setembro de 2017

O Uso das Velas na Igreja Ortodoxa


Pergunta: Por que acendemos velas na Igreja Ortodoxa?

Resposta: Tipicamente existem dois tipos de velas com as quais os ortodoxos estão familiarizados. Primeiro, existem as genuínas velas de cera de abelha puras, feitas a partir dos pentes das colmeias. Em segundo lugar, existem as velas de parafina feitas a partir de petróleo. Quando os Padres da Igreja falam sobre o uso ortodoxo das velas, eles estão se referindo às velas de cera de abelha pura e não às estas últimas. A cera de parafina produz substâncias cancerígenas e fuligem quando queimadas. Na verdade, um pesquisador de qualidade do ar afirmou que o fuligem de uma vela de parafina contém muitas das mesmas toxinas produzidas pela queima de combustível diesel.

Com esta informação em mente, podemos entender melhor as seis representações simbólicas de velas acesas, transmitidas por São Simeão de Tessalônica:

1. Como a vela é pura (cera de abelha pura), também os nossos corações devem ser puros.

2.  Como a vela pura é flexível, então também nossas almas devem ser flexíveis até tornarem-se retas e firmes.

3. Como a vela pura é derivada do pólen de uma flor e tem um cheiro doce, então também nossas almas devem ter o aroma doce da Graça Divina.

4. Assim como a vela, que quando queima, mistura-se e alimenta a chama, também nós podemos lutar para alcançar a theosis.

5. Como a vela ardente ilumina a escuridão, a luz de Cristo dentro de nós também deve resplandecer diante dos homens, para que o nome de Deus seja glorificado.

6. À medida que a vela dá luz própria para iluminar uma pessoa na escuridão, também a luz das virtudes, a luz do amor e da paz, caracterizam um cristão. A cera que derrete simboliza a chama do nosso amor pelos nossos semelhantes.

Além das seis representações simbólicas acima, São Nicodemos, o Hagiorita, nos dá seis razões diferentes pelas quais as velas ortodoxas queimam:

1. Para glorificar a Deus, que é Luz, enquanto cantamos na Doxologia: "Glória a Deus que nos mostrou a luz ..."

2. Para dissolver a escuridão da noite e para banir o medo que é provocado pela escuridão.

3. Para manifestar a alegria interior de nossa alma.

4. Para dar honra aos santos de nossa Fé, imitando os primeiros cristãos dos primeiros séculos que acenderam velas nos túmulos dos mártires.

5. Para simbolizar as nossas boas obras, como o Senhor disse: "Deixe a sua luz brilhar diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem o Pai que está nos céus".
O sacerdote também nos dá esta missão após o nosso batismo.

6. Para que nossos próprios pecados sejam perdoados e queimados, bem como os pecados daqueles para quem oramos.

Por todas estas razões citadas por nossos Santos Padres, vamos sempre acender nossas velas e garantir o máximo possível de serem velas puras. Devemos abster-nos de toda corrupção e impureza, para que todo o simbolismo acima seja realizado em nossas vidas cristãs.

Em um momento durante a Divina Liturgia dos Dons Pré-Santificados, o liturgista mantém uma vela acesa, e de frente para as pessoas ele proclama: "A luz de Cristo brilha sobre todos". Cristo é "a verdadeira luz que ilumina e santifica todos os homens".
Somos dignos de receber essa luz? Os próprios santos buscavam constantemente essa luz. Deixe-nos então também imitar os santos e, como São Gregório Palamas, continuamente implorar ao Senhor com as seguintes palavras: "Ilumine minha escuridão".

Pergunta: Existe alguma outra razão pela qual acendemos nossa vela na igreja?

Resposta: Além das razões espirituais mais elevadas mencionadas acima sobre os motivos de acendermos velas, há outra razão mais simples e prática: fazer uma oferta financeira à igreja. Quando vamos acender nossa vela, também devemos oferecer uma oferta para os vários serviços e despesas da igreja. A igreja nos dá a vela como uma benção para a nossa oferta e nos permite inflamar a chama dos simbolismos mencionados acima.

Pergunta: Devemos acender velas fora da igreja também?

Resposta: É bom e louvável acender velas em casa quando oramos, quando o sacerdote visita uma casa para bênção com água benta ou unção sagrada, e até acender uma vela quando visitamos o túmulo de um ente querido.

Pergunta: Existe alguma outra finalidade para a vela?

Resposta: Quando iluminamos uma vela na igreja, estamos fazendo uma oferta à igreja ou à um ícone particular para embelezá-lo, e mostrar através da luz física a simbolização da luz incriada da casa de Deus ou do santo retratado no ícone. Também é costume que os fiéis ofereçam velas de cera de abelha pura na Consagração de uma nova igreja.

Por John Sanidopoulos

2 comentários:

  1. QUE MARAVILHA.
    QUE SUBLIME!!!
    MUITO GRATO POR TANTA RIQUEZA ESPIRITUAL.
    Maestro Urbano Medeiros - Minas Gerais

    ResponderExcluir
  2. Muito rica a tradição ortodoxa, sou sacerdote católico, mas valorizo muito.

    ResponderExcluir